ENCONTROS E REENCONTROS

Pode até parecer estória de novela, mas é uma história real e eu fiz parte dela. Todo mês recebo os relatórios da Estação Bem Estar e um deles consta as pessoas que saíram de nosso centro de acolhida, pelos mais diversos motivos. Normalmente eu não leio este relatório, pois é bem técnico, é assim: uma tabela com o nome de quem saiu e o motivo. Os motivos são diversos.

Ocorre que em setembro de 2016 eu resolvi dar uma olhada e me deparei com um sobrenome conhecido e não comum, embora aqui a história será contada com apenas as inicias para preservar a identidade das pessoas.

Dentre os que tinham saído no mês anterior, estava MNK. K numa inicial de sobrenome no Brasil não é muito comum e o restante completava a exclusividade.

Conversei com uma amiga, a SNK, opa!, olha o K aí. Ela é esposa de um K, ou melhor, do mesmo K do MNK. Perguntei: você ou seu marido conhece um senhor chamado MNK?

E completei: o sobrenome é o mesmo do seu marido, certo? É uma pessoa que esteve na Estação Bem Estar e agora está em outro centro de acolhida, e se for realmente parente e houver algum interesse em contato ou localização, posso verificar.

Ela respondeu: pode ser o meio irmão mais velho do meu marido, que está desaparecido. Ele é estrangeiro e o sobrenome dele tem a terminação diferente, mas parece que é o mesmo. É lógico que temos interesse em confirmar e ajudá-lo – completou.

Verifiquei o paradeiro de MNK, ou seja, para qual centro de acolhida ele havia se transferido (lembre-se que eles saem por vários motivos) e a informei.

Passados alguns dias fiz contato novamente com ela, a qual me contou:

Eu fui lá com o meu marido e é o irmão dele. Agora o meu marido vai voltar lá com uma das irmãs deles. Houve um grave rompimento de relacionamento entre eles, e eles tinham perdido o contato. Meu marido está tentando reaproximar a família desse irmão.

Obrigada por tudo, assinado SNK


Obrigado também por você, nosso contribuinte, que tem participado conosco para sempre estarmos transformando vidas como a do MNK!


Lucas Brisola

Tesoureiro do IHDI


Nota Especial O Espaço Acolher, serviço de acolhimento para crianças e adolescentes está prestes a ser inaugurado.



Publicações recentes